9 Dicas para aumentar a vida útil do seu colchão

10 Dicas para aumentar a vida útil do seu colchão

Escolher um colchão com materiais top de linha vai garantir a alta durabilidade do produto. Entretanto, alguns procedimentos também podem ajudar a aumentar sua vida útil, garantindo todo conforto e segurança para você dormir tranquilamente, repor as energias gastas no dia a dia e ter um sono saudável, afinal, é essencial que isso aconteça para sua qualidade de vida. Sendo assim, separamos 9 dicas para que você conserve os colchões da sua casa, assegurando mais durabilidade e bem-estar diário. Confira:

1. Capa Protetora


O protetor de colchão permite que a sua cama possa ficar mais confortável, limpa e ainda garante a durabilidade do seu colchão. Sabemos que um bom colchão não é barato. Portanto, vale a pena protegê-lo para que ele possa te acompanhar por muito tempo. Veja mais vantagens de se colocar um protetor de colchão na sua cama.
É comum que, com o tempo, o seu colchão passe a acumular agentes transmissores de doenças. Entre esses nós podemos citar os ácaros e algumas bactérias. Esses bichinhos além de “comerem” o material do seu colchão, comprometem a sua saúde, principalmente em relação às alergias. O protetor de colchão impermeável impede justamente essa ação, deixa a sua cama sempre protegida e, consequentemente, promove mais saúde para você

2. Rodízio

A primeira dica é realizar o rodízio do colchão. Trata-se de girá-lo quinzenalmente, ou seja, o lado direito vira o esquerdo e vice-versa. Você pode também girar o colchão fazendo com que a parte inferior do colchão vire a parte superior (pernas e pés X cabeça e tronco, respectivamente), garantindo um equilíbrio de peso melhor. Isso porque o tronco humano é mais pesado que as pernas, e isso faz com que o lado que é rencostado o tronco seja mais desgastado;

3. Utilizar toda área útil

É importante utilizar toda a área útil do colchão, evitando a “preferência” de um lado para outro. Dormir somente em um lado todos os dias, vai desgastar o material e molas, deixando-o com um aspecto afundado, e nada confortável;

4. Não sentar nas bordas

Os colchões foram criados para deitar e dormir. Entretanto, é comum que as pessoas sentem nele para assistirem filmes ou utilizar o computador, mas isso deve ser evitado, se feito com frequência, isso porque o corpo demanda um peso ainda maior em uma só área do colchão quando sentado, podendo deformar o produto;

5. Não coloque-o no sol

Colocar o colchão e travesseiro para “tomar sol” para evitar a proliferação de ácaros, fungos e bactérias é um mito. Não é recomendado expor travesseiros e colchões no sol por mais de 30 minutos, pois os raios ultravioletas podem ressecar suas camadas interiores, estragando todo o material interno;

6. Não coloque-o no chão

Além de atrair ácaros, poeira, umidade e outras sujeiras, colocar o colchão no chão pode, também, acabar com a garantia do seu colchão (se o produto for novo);

7. Higiene (líquidos)

A higienização do seu colchão é essencial. Usar um aspirador de pó é a forma mais apropriada para realizar esse tipo de limpeza, porém, se você molhou acidentalmente seu colchão, coloque-o no sol por 30 minutos – não mais do que isso, como citado no item 4 desse artigo. Nunca use o secador para isso, pois ele danifica a estrutura molecular da espuma do colchão;

8. Ambiente arejado

Um ambiente com umidade pode provocar ácaros, bactérias e fungos, mofando o material do colchão;

9. Crianças x colchão

Além de perigoso, deixar com que as crianças pulem constantemente na cama pode danificar o produto, como a quebra da estrutura da cama, mola e afundamento da espuma;

10. Não coloque papelão entre o estrado e o colchão

O estrato foi criado justamente para que haja a ventilação apropriada para o colchão. Por isso, evite forrar seu estrato com papelão, evitando o mofo e, consequentemente, mau cheiro.